sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Escolha múltipla

Reflexões minhas...

Depois desta confusão nojenta que foi a campanha eleitoral levada a cabo pelo Santana Lopes e seguidores, onde valeu tudo menos tirar olhos, poderemos tirar algumas conclusões?

O escandalo principal foram os alegados boatos que saíram para a imprensa e para as bocas do mundo onde se disse que o Socrates era gay e que mantinha ou tinha mantido uma amizade colorida (leia-se relação amorosa) com o actor Diogo Infante.

Não sei se é verdade ou mentira. Não quero saber, ou melhor, até gostava que fosse verdade. No entanto a realidade é que esse jogo baixo dos Sociais Democratas não afectou o resultado eleitoral. Ou terá afectado?

Tenho várias opções:

__ Os portugueses não ligaram ao que o Santana Lopes disse;
__ Os portugueses preferiam alguém gay do que o machão incompetente;
__ Os portugueses têm cada vez mais as mentes abertas e não se importam com a sexualidade do Primeiro Ministro, seja ela qual for;
__ Os portugueses tiveram pena do Socrates;

1 comentário:

Akron disse...

Opto pela opção 2.