domingo, agosto 14, 2005

Jonathan Strange & o Sr. Norrell


Terminei este livro finalmente. Já não sei há quantos meses o tinha começado a ler.
Instigado pelas fabulosas críticas da capa e da Amazon fui levado a acreditar que se tratava de uma história fantástica e espectacular tal como a autora é comparada aum Tolkien.
Não é nada disso.
A história e interessante mas não passa daí.
É muito grande e monótona e com poucos momentos altos na narrativa.
A parte que mais me agradou foi uma descrição de Inglaterra e dos ingleses que me é bastante familiar.
Não é um mau livro, não foi mau suficiente para me fazer desistir, mas há muito melhor por aí!

2 comentários:

luciano disse...

Ela demorou dez anos para escrever a história, um sucesso que a fez largar o emprego de editora de um caderno culinário, e pensa numa continuação para os dois bruxos ingles. Monótona? Acho que sim, mas nem por isso repulsiva, antes por ser sofisticada. Há detalhes muito saborosos e tipicamente ingleses no livro, e boas abordagens. Não li o livro esperando encontrar as reviravoltas de enredo de harry potter, por isso gostei muito.

Draco disse...

Exactamente! Adorei também os detalhes "very british", mas houve alturas em que a narrativa me entediou um bocado.
Agora percebo, foi escrito em 10 anos... seria talvez para ler em outros tantos?
Estou a brincar. Mas a história tem poucas surpresas! É assim e pronto! Não considero um tema genial como alguns criticos disseram!