sábado, junho 25, 2005

sexta-feira, junho 24, 2005

Insónia

Acordei perto das duas da manhã e já não consegui adormecer.
O calor incomoda.
São 3:55h e estou no computador.
A janela da varanda está aberta para deixar entrar o ar fresco da noite.
Os meus cachorros brincam aos meus pés.
Sono...onde estás???

quinta-feira, junho 23, 2005

Novela II

A conversa entre as duas personagens Gays sobre a homossexualidade esteve muito bem.
Aguardo com curiosidade pela evolução dessas personagens!

Novela

Pérolas nas conversas na novela da noite...

Empregada - Sra D. Luisa, a sua irmã está ao telefone.
Luisa - Diga à minha irmã que eu morri e que a minha campa não tem telefone!
(...)
Empregada - A sua irmã manda dizer para jantar descansada que a indigestão espera-a na sala!
_________________________________

Júlia - Já vi que a escola da Luisa Albuquerque já está a fazer efeito.
Sobrinha - Ainda bem, porque como a tia é que eu não queria ser!
Júlia - Ah não, então tens medo de ser o quê, pobre ou esperta?

quarta-feira, junho 22, 2005

Sou um irmão de merda...

Terei que aceitar as coisas do meu irmão só porque ele é meu irmão???
Vejo-o uma vez por mês, se tanto. Geralmente se ele precisa de alguma coisa. Se estamos mais de quinze minutos juntos já estamos a competir e a discutir...
Agora vai casar e quer, sabe-se lá porquê, que eu seja o padrinho...
Eu respondi: "O quê???? Porquê, não arranjas mais ninguém???"
E pronto, discutimos e já discuti com a minha mãe também que me veio com a conversa de "Tenho só dois filhos e não se dão...!".
Não tenho paciência, detesto casamentos, acho uma fantochada! Mas para ele é uma grande coisa, parece que lá conseguiu fazer qualquer coisa na vida - casar.
E agora estamos assim... não sou muito de pedir desculpas e fingir para ir contra as minhas vontades, não tenho vontade nenhuma de ser padrinho de ninguém. Eu nem vou a casamentos quanto mais ser padrinho!!!
QUERO IMIGRAR!

Alan Hollinghurst

Fui hoje à apresentação da obra " A Linha da Beleza " na Fnac.
Mais uma vez me deu tristeza pela falta de disponibilidade dos portugueses para a cultura.
A idéia com que estes estrangeiros ficam de nós de ser muito triste.
Gostei muito da apresentação do autor. Despertou-me a curiosidade para ler o livro que trouxe autografado.
Mais aqui.

terça-feira, junho 21, 2005

Summertime

Pois é estamos no Verão.
Começou hoje às 6:46 da manhã e veio para ficar.


Summertime
Óleo de Mary Cassat (1894)

segunda-feira, junho 20, 2005

Novidades Literárias

Que bom!
Livrinhos novos!!!
(Só não percebo porque é que não saíram para a Feira do Livro)



O autor Alan Hollinghurst vai estar no dia 22 Junho na Fnac Colombo para uma sessão de autógrafos.



Mais Aqui.

Domingo na Toca

Mais um domingo em que praticamente não saí da toca.
O calor apertava, no cinema não havia nada de jeito pra ver...
Jardinei, terminei o 2º livro das Crónicas de Spiderwick, brinquei com os meus cachorros, vi televisão, e assim se passou um Domingo aborrecido!...

quarta-feira, junho 15, 2005

PRA QUÊ???

Há dez anos, quando vim para Lisboa, conheci um colega de curso do meu companheiro. O Zé Manel. Era mais novo que nós mas demo-nos bastante bem.
A namorada era um bocado difícil de aturar com a manía das modas, era tudo muito fashion, muito lindo, etc. Coisas para as quais eu não tenho paciência, mas lá fomos aguentando.
Ele era muito porreiro. Inscrevemo-nos os dois no ginásio. Eles chegaram a ir connosco passar uns dias a casa dos meus pais, etc...
Entretanto, passados anos de amizade, a empresa do meu companheiro contratou o Zé Manel e ele foi trabalhar com ele para a mesma agência. Tudo correu bem até que se descobriu que ele estava a tentar passar por cima do meu companheiro e ficar-lhe com o lugar de chefe de balcão.
Afinal, quando era para lutar pelo poder, o Zé Manel pisava quem quer que fosse e as manias da grandeza, riqueza, estatuto, que era características da namorada, também era as metas dele.
Eu achava estranho ele aguentar as merdices da namorada pois até me parecia uma pessoa simples. Mas não. Era uma daquelas pessoas a quem a perspectiva de "ser alguém" modificou...
O meu companheiro despediu-se da empresa e deixamo-nos de nos falar. Nunca mais o vi, nem a ele nem à namorada.
Soubémos hoje que morreu com um tumor no cérebro. Tinha 32 anos.
O meu companheiro, com todos os colegas de curso, foram prestar-lhe uma última homenagem.
Ficámos a saber que foi diagnosticada esquizofrenia à namorada, que terminaram uma relação de 10 anos, que ele já tinha outra namorada e que iam casar em Outubro.
Desde que lhe descobriram o tumor os médicos deram-lhe 2 meses de vida. Durou 1. Entrou em coma na Segunda Feira e desligaram ontem a máquina.
Eu estou um bocado em choque. Não tenho pensado n'outra coisa durante todo o dia. Estou dividido pela raiva que tinha ao filho da mãe pela traição ao amigo e colega (o meu companheiro) e pela pena do "antigo" Zé Manel, com quem passei muitos fins de tarde no ginásio.
Ora penso - Coitado do Zé, com 32 anos!... Ora penso - Teve o que mereceu!
Posso parecer cruel mas não consigo deixar de pensar assim.
Quem me faz alguma, eu não consigo esquecer! Foram 2 anos de desemprego e dificuldades que passámos por causa dele.
E depois não me consigo perdoar por pensar assim...
Valerão a pena as merdas que se fazem por aí?... Pra quê?!....

terça-feira, junho 14, 2005

Agora sobre Livros...

1) Total de livros que eu possuo?

Não faço a menor idéia. Muitas estantes cheias aqui em casa, mais umas quantas que deixei em casa dos meus pais... Umas boas centenas!!!

2) Último livro que eu comprei?

JOGOS CRUÉIS, de Christopher Rice

3) Último livro que eu li?
A SOMBRA DO VENTO, de Carlos Ruiz Zafón

4) Cinco livros que significam muito para mim?
Esta é complicada...

O SALTO MORTAL, de Marion Zimmer Bradley
MAURICE, de E. M. Forster
A HORA DAS BRUXAS, Anne Rice
O SENHOR DOS ANÉIS, J.R.R. TOLKIEN
Os livros infantis da Enid Blyton

5) Sugira cinco pessoas para preencher este formulário.

O novo Herói

Há coisas que me deixam boquiaberto!...
Morreu o Álvaro Cunhal, o Sr. Comunismo em Portugal, e toda a gente está agora a fazer um grande aparato... Não tarda nada e é canonizado e temos mais um santo!
Para mim, toda a minha vida ouvi falar mal dele. Os meus pais não são comunistas e por isso, tanto na altura do 25 de Abril como nos restantes anos de activo partidário, esse senhor sempre recebeu fortes críticas lá em casa.
Toda a gente que por aqui tem passado já sabe da minha ignorância e falta de paciência para a política, no entanto esta adoração por parte dos media e dos portugueses em geral deixa-me a pensar que as pessoas têm uma memória muito curta!!!
Hello!!? COMUNISMO!!! Alguém se lembra do que isso foi no passado e ainda é no presente???
Ou já se esqueceram...?
É a família do senhor, os quadros do senhor, os livros do senhor...
Como hoje alguém escrevia na SIC Notícias..." O Hitler também adorava a arte, mas daí a ele ser exemplo para alguém..."
A única coisa à qual tiro o meu chapéu foi ao que o senhor sofreu pelos seus ideais. Se fosse algum político de hoje estava-se a lixar para sofrer na pele pelo que acreditásse. Mudava logo de camisola! No entanto os ideais é que não são nada de louvar!!!
Será que as pessoas já não se lembram do Comunismo???

segunda-feira, junho 13, 2005

Eles vêm aí

Começaram as filmagens do filme de Luc Besson "Artur e os Minimoys".
Quem se quiser antecipar a conhecer este mundo, pode ler os livros desta série...
Mais sobre os livros Aqui
Website Oficial

Segunda Feira de Folga!

Hoje estou de folga!
Dois dias seguidos sem ir para a loja é uma estreia para mim!
;-)

Indignações

Parece que somos os mais indignados da Europa... Enfim! Acho que somos os que temos mais coisas com as quais nos indignar!!!

Eu sou um refilão, especialmente com a estupidez das pessoas. O meu companheiro diz que eu sou um alentejano carrancudo... Mas não há pachorra para tanta estupidez e ignorância neste país.

E o que me deixa mais triste... é o assistir ao virar das costas às tentativas dos outros de mostrar um pouco de boa educação e cultura.

Enfim...

domingo, junho 12, 2005

Manhã de Domingo

Levantei-me cedo - como sempre - e fui com a cadela à rua!
A manhã estava agradavelmente fresca! Um paraíso comparando com o inferno quente dos dias anteriores.
Pãesinhos de leite quentes!
Uma chávena de chá inglês!
Uma varanda florida!
A música Home do Michael Bublé.
Sentado no chão.
Descanso!...
Sou fácil de contentar...

Links

Finalmente consegui colocar uns links na barra lateral deste Blog sem estragar o cenário todo. Não sei o que fiz diferente das outra vezes, mas resultou!

Agora é só ir acrescentando alguns links.
Para já ficam as minhas ramificações e as minhas paragens frequentes!

Dia de Portugal

Passaram-me completamente ao lado o Dia de Portugal e todas as suas comemorações.
Ando um bocado desiludido com Portugal, com os nossos governantes, com os portugueses em geral...
A idéia de um destes anos me ir embora está cada vez mais presente!

sábado, junho 11, 2005

Chocar... é o que está a dar!

Porque é que algumas boas séries enveredam por temas um bocado chocantes?
Sim, eu já sei a resposta. O que choca, vende!
Mas é um bocado de mau gosto como são exploradas algumas facetas de profissões menos comuns. Devo ser eu que sou super-sensível, mas não acho nada piada as mortes e as recontruções dos cadáveres na séria 7 Palmos de Terra ou as operações estéticas da série Nip Tuck ou até aquela série de uma médica que faz autópsias... Terão que ir todos para esses temas? Ou melhor, terão que apresentar os detalhes e pormenores das recontruções dos cadáveres e das aplicações de silicone?

See what I mean?

quarta-feira, junho 08, 2005

Outro Questionário

A pedido desta família, aqui vai...

1) Tamanho total dos arquivos no meu computador:
Pergunta muito difícil para mim... só sei que deve estar a ficar cheio porque isto está a ficar leeeeeeeento!

2) Último disco que comprei:
GOTTA GET THRU THIS, do Daniel Bedingfield.
Compreio-o para oferecer ao meu companheiro que delíra com uma canção desse CD.

3) Canção que estou a escutar agora:
Pois... É mesmo essa canção: If you're the one do Daniel Bedingfield.
Isto agora é até eu já não poder mais....

4) Cinco canções que ouço frequentemente ou que têm algum significado para mim:
Uhm... Difícil...
Frosen, Madonna
When You're Gone, Cranberries
Everybody Hurts, REM
The Music Of THe Night, Barbra Streisand e Michael Crawford
Feel, Robbie Williams

5) Lanço o testemunho a 5 outros blogers:
SWM, Astianax, Zoick, Duarte e os H2Omens
Peço desculpa a estes por me ter lembrado deles e peço desculpa aos outros por me ter esquecido deles...

Anne Bancroft

Soube pelo Farpas que a actriz Anne Bancroft tinha morrido.
Fiquei triste.
Gostava muito dela. Era uma das minhas actrizes favoritas!
Filmes com ela eram garantia de qualidade.
Um dos meus filmes favoritos é um filme antigo sobre uma americana e um inglês que trocam conrrespondência sobre livros... um filme simples mas muito bonito e que retrata muito bem a diferença entre os ingleses e os americanos.
Viveu, com certeza, uma vida bonita e muito preenchida!
Fica para sempre nas nossas memórias!


terça-feira, junho 07, 2005

segunda-feira, junho 06, 2005

Queer As Folk 4

Por uns dias acabaram as noites agarrado ao computador...

Finalmente chegou o DVD do quarto ano da série americana Queer As Folk.

Lisboa

Faz hoje 10 Anos que vim para Lisboa!
Uma coisa que nunca pensei que fosse possível!
Era um sonho que parecia inatingível.

Ainda por vezes paro para pensar e custa-me a acreditar que cá estou!

... Mas estou!

domingo, junho 05, 2005

Love and Fear

There are only two emotions, love and fear.
In every relationship, you're always moving toward one or the other.

Oprah Winfrey

Harry Potter

O novo livro já está prester a sair e já estão milhões de exemplares reservados... A curiosidade é imensa e toda a gente quer saber o que vai acontecer ao Harry e aos amigos e a todo o mundo de magia acontece mesmo aqui ao nosso lado!...

Ontem foram presos uns tipos por tentarem roubar uns exemplares do novo volume (nr. 6). Queriam vender os segredos contidos neste novo livro a um jornal por uma boa maquia... saiu-lhes o tiro pela culatra. Foram apanhados... Alguém previu este assalto? Talvez com algum espelho mágico ou leitura numa bola de cristal...

O novo livro do Harry Potter chama-se "HARRY POTTER AND THE HALF BLOOD PRINCE" e sai para as livrarias no dia 16 de Julho (só a versão inglesa).

Caaaaaalloooorrrrrr

Mas porque é que já está tanto calor...?
Não suporto isto!!!
Quero imigrar para um país mais para norte!!!!
Sinto-me a derreter e sem vontade para nada!!!

Shall We Dance?

Ontem à noite alugámos o DVD "Shall we Dance".
Foi mesmo porque queriamos uma coisa leve e despreocupada e eu sei que o meu companheiro adora danças de salão (ele no íntimo sempre quis ser um Aluno de Apólo). Enfim, o filme está muito engraçado. É mesmo leve e despreocupado. A música é agradavel. O Richard Gere está um cinquentão girásso como nós todos queremos ser quando lá chegarmos e... gostei muito da pequena incursão do casal Gay e de todo o desenvolvimento que subtilmente se dá ao longo do filme. Fui deitar-me bem disposto! Se ainda não viram, aluguem, comprem... vejam!

O Fantasma da Ópera

Há cerca de uns quinze anos (até custa dizer porque me faz parecer tão velho!!!) fui fazer um curso de inglês em Cambridge. Foram três semanas que nunca mais esqueci. A escola proporcionava vários passeios e visitas e um deles foi ao musical "O Fantasma da Ópera". Adorei. Lembro-me que paguei 12 contos (há 15 anos!!!) por um bilhete. Fiquei debaixo do malfadado lustre que me ia matando de susto.
É claro que tive que comprar a banda sonora do musical. Estas musicas são divinais!
Ontem comprámos o DVD do filme. Não fomos ver ao cinema. Está muito bonito. Com uns décors fantasticos e as músicas que são eternas...
Aqui ficam as palavras de uma delas...



ALL I ASK OF YOU

RAOUL
No more talk of darkness,
Forget these wide-eyed fears.
I'm here, nothing can harm you
-my words will warm and calm you.
Let me be your freedom,
let daylight dry -your tears.
I'm here, with you, beside you,
to guard you and to guide you . . .

CHRISTINE
Say you love me every waking moment,
turn my head with talk of summertime . . .
Say you need me with you, now and always . . .
promise me that all you say is true
-that's all I ask of you . . .

RAOUL
Let me be your shelter, let me be your light.
You're safe: No-one will find you
your fears are far behind you . . .

CHRISTINE
All I want is freedom,
a world with no more night . . .
and you always beside me
to hold me and to hide me . . .

RAOUL
Then say you'll share with me
one love, one lifetime . . .
Let me lead you from your solitude . . .
Say you need me with you here, beside you . . .
anywhere you go, let me go too
-Christine, that's all I ask of you . . .

CHRISTINE
Say you'll share with me
one love, one life time . . .
say the word and I will follow you . . .

BOTH
Share each day with me,
each night, each morning . . .

CHRISTINE
Say you love me . . .

RAOUL
You know I do . . .

BOTH
Love me -that's all I askof you . . .
(They kiss)
Anywhere you go let me go too . . .
Love me -that's all I ask of you . . .

sexta-feira, junho 03, 2005

Religiosas

Hoje ao telefone com a minha mãe, fiquei a pensar...

Na vila onde eu nasci, existe uma pequena capela, a igreja de S. Sebastião. Fica perto da casa dos meus pais. Não é bonita nem nada e nunca me pareceu uma capela porque não tem eco.
Não sei porque carga de água mas a minha mãe ficou com as chaves da igreja e cuida dela. Lá bordou uns naperons, até pintou o manto de um ou dois santos que estam lascados, pintou as paredes... isto já dura há alguns anos. No início era a capela que era usada para velórios mas agora já não é usada para nada, acho eu.
Admira-me um bocado, a minha mãe, apesar de católica, nunca foi muito de ir à igreja nem nada. Tem a casa cheia de santos, gosta das orações dela, das velas acesas... enfim, é uma católica muito caseira!
Este ano lembrou-se de fazer um terço durante o mês de Maio - o mês de Maria.
Um terço, para quem não sabe é a coisa mais aborrecida da vida, em que se vão repetindo orações infindáveis ... uma seca!
No entanto a minha mãe lá falou a algumas amigas que falaram a outras e, sem a presença de padre, reuniram-se todos os dias na igreja de S. Sebastião onde liam as orações, cantavam e rezavam. Isto durante os 31 dias de Maio.
O mais engraçado é que o grupo que a minha mãe reuniu teve sempre um número médio de 18-20 pessoas e na igreja tradicional, o terço dado pelo padre tinha uma média de 3-5 pessoas.
No último dia, o dia 31 de Maio, a miha mãe chamou um fotógrafo à capela, enfeitou tudo com flores, tirou uma foto do interior e mandou escrever qualquer coisa do tipo "Recordação do Terço do mês de Maria - Maio 2005" e ofereceu uma a cada uma das senhoras presentes. Tinha mandado fazer 30 cópias, só ficou com uma e todas foram pra casa com uma lagrimita no olho de emoção...

Agora me pergunto... será isto que é a religião???
Que falta fazem realmente os padres?
Se fosse n'outros tempos a minha mãe e as amigas não teriam sido enforcadas pela inquisição ou qualquer coisa parecida?

quinta-feira, junho 02, 2005