terça-feira, janeiro 24, 2006

Avô Joaquim 1926-2006

O meu avô faleceu no passado Domingo, dia 22, pouco depois das 19 horas.
Tenho bastante para escrever sobre o assunto, ou para reflectir sobre muitos aspectos da minha ida à terra para todo um ritual, para mim desconhecido, do último adeus ao meu avô.
Entretanto acabei de chegar a Lisboa, estou cansado, baralhado e preciso de assentar idéias primeiro.

3 comentários:

armario disse...

Sei o que é perder um avô. E se for um avô daqueles bem especiais é como perder um pai.

Aqui ficam os meus sentimentos.

fastminds disse...

Os meus sentimentos.
Um grande abraço.

Miguel disse...

As palavras são inúteis nestas ocasiões. Toma lá um abraço.