domingo, janeiro 08, 2006

Família...

- O meu avô foi ontem para o hospital e ficou internado. Tem graves problemas respiratórios, um cancro na pele e 79 anos que já não ajudam nada...
- A minha avó ontem tremia de ansiedade, cansaço, pânico de perder o seu companheiro, enfim...
- O meu pai está desesperado com a possibilidade de perder o pai.
- A minha mãe precisa de falar com alguém. Está os dias inteiros sozinha em casa, sem ninguém com quem conversar. O meu pai chega do trabalho e cola-se à televisão num silêncio sepulcral.
E eu não sei o que fazer... posso fazer alguma coisa? Ando triste.

4 comentários:

fastminds disse...

Procura estar o mais próximo possível. Procura mostrar que estás lá.

São fases complicadas mas temos sempre que nos mostrar fortes e, com essa força, confortar os outros.

Abraço e as melhoras para o teu avô. Vai tudo correr bem...

armario disse...

É sempre muito complicado quando corremos o risco de ficar sem alguém de quem gostamos muito.

Espero que corra tudo bem e que o teu avô volte para casa o mais breve.

Draco disse...

O meu avô já saiu dos Cuidados Intensivos! No entanto continua muito fraquinho...

zeh disse...

Por razões próprias posso dizer que conheço a sensação desagradável. As melhoras para o teu avô e a conclusão a que chego aos poucos: não vale a pena perderes horas de sono com coisas que estão além das tuas capacidades.