domingo, abril 27, 2008

How boring can a book be?

Foi o que aconteceu com o livro SECOND NATURE de Michael Pollan. Que aborrecido!
Quantas páginas se consegue escrever sobre uma horta de alfaces? Ou sobre tomates, ou sobre compostagem... É mais entusiasmante observar a relva a crescer.
Muito descritivo, muito repetitivo... fastidioso.
Pois a 'obra' do sr. Pollan voltou para a prateleira e comecei a ler TWO GARDENERS, A FRIENDSHIP IN LETTERS.
Um livro que é uma recolha de cartas trocadas entre duas mulheres que dedicaram as suas vidas aos jardins. Uma escritora de livros de jardinagem, outra editora do The New Yorker.
Já li um terço do livro e está a ser delicioso.
De resto tenho passado as horas de menos calor no jardim. Sim, isto por aqui já está um Inferno de quente que está. Pelo menos para mim...
Este ano a Primavera já se foi.
Cada vez temos Verões maiores... Não há por aí mais uma chuvinha programada (peço) pergunto eu??


Sem comentários: