segunda-feira, fevereiro 23, 2009

Noite de Oscars


E ganhou o SLUMDOG MILLIONAIRE, um filme que eu só irei ver em DVD, quando não tiver mais nada para ver. Não é um filme para o glamour da noite de Oscars. Estou farto de ver pobreza, da real, não procuro vê-la em filmes que, para mim, são feitos de ilusão e servem para me esquecer do que vai cá pelo mundo. Do que vi de apresentações e reportagens, não me atrai nada.


Quanto aos melhores actores, categorias que me interesso mais, gostava que a Meryl Streep tivesse ganho. Eu sei que é a 15ª nomeação da senhora, mas já está na altura de lhe darem mais do que uma nomeação. Os dois Oscars que ela ganhou foram com filmes que já ninguém se lembra (A Escolha de Sofia, melhor actriz e Kramer contra Kramer, melhor actriz secundária).

Vou ver hoje o MILK e fico contente pelo Sean Penn ter ganho. A Kate Winslet era a minha segunda favorita, por isso fiquei meio-satisfeito.

Os secundários. Não gosto nada de ver a Penelope Cruz (Bah!!!) e estou com o Nuno Markl quando ele diz que se o Heath Ledger não tivesse morrido, a academia não se interessaria muito pela sua magnifica interpretação do Joker.

E outra obra que me falta ver é o WALL-E, que ganhou o melhor filme de animação, apesar de eu gostar muito das personagens do BOLT.

E assim foi mais uma noite de Oscars. Como todas as premiações, previsíveis, injustas, surpreendentes, merecidas... para o ano haverá mais!!!

4 comentários:

pinguim disse...

Eu gostei muito da noite e da generalidade dos premiados; e discordo do que dizes sobre a Meryl Streep; ela é a melhor, sem dúvida e o facto de já ter sido nomeada 15 vezes é justo, porque ela é sempre maravilhosa; mas não pode ganhar sempre e decerto vai ganhar mais; o que discordo é que é impossível esquecer as suas interpretações em " A escolha de Sofia" e em "Kramer contra Kramer"; o óscar a Kate Winslow é merecido pois ela foi a melhor actriz do ano com duas interpretações excepcionais...
Nestas coisas é difícil chegar a consensos, mas temo-lo acerca de "Milk", decerto!!!!

Patrícia disse...

Olá olá
Acho que vais surpreender-te com o "Slumdog millionaire". Achei-o muito, muito bom. Brutalmente real (do género do "cidade de Deus") é certo, mas um filme com "esperança".
Mas estou com muita curiosidade em ver os outros filmes.
Deixei-te um prémio no meu blog.
beijinhos
pat

Pedro disse...

Eu gostei muito da noite, foi um belo espectáculo! ^^

Quanto aos vencedores, a minha única surpresa foi o Slumdog Millionaire. Quer dizer, ainda não vi o filme, mas nunca pensei que fosse filme de Óscar (tinha um pouco a tua opinião)! O.O Tenho de ajustar as minhas expectativas e ir vê-lo assim que puder... Mas estava mesmo a pensar que O Estranho Caso de Benjamin Button tinha estaleca para a coisa, tenho mesmo de ver o vencedor!

Quanto à Melhor Actriz, tinha de ser Winslet perante o trabalho dela, não havia hipótese! Mereceu.
Pessoalmente, concordo plenamente contigo e subscrevo tudo o que dizes sobre Streep. No entanto, tenho perfeita consciência que nem ela se preocupa com tal prémio, até porque a própria Kate Winslet mostrou que Meryl Streep é a actual deusa dos filmes, musa de todas as actrizes e rainha em actividade.

Quanto a Sean Penn, inteiramente merecido e mesmo sem ver o filme apoiei nele. Nada a acrescentar.

Quanto aos secundários, o Heath Ledger era previsível e também me inclino para a opinião do Markl...
Ninguém diria que Penélope Cruz iria ganhar, mas muito sinceramente eu apostei nela e sabia que a Academia a ia escolher. Acho que mereceu e já era sem tempo!

Quanto ao Wall-E, não vi e com muita pena =( Acho que está espectacular.

Tudo o resto, concordei em todos os Óscares. Montagem, Argumentos, Curta-Metragem de Animação, Guarda-Roupa, são aqueles que neste momento tenho a certeza ter apoiado =)

Rui disse...

Eu estava com muita esperança:
- que o Benjamin ganhasse ao Slumdog;
- que o Sean Penn ganhasse ao Mickey
embora estivesse a torcer mais pela primeira ocorrência que pela segunda (tadinho do Mickey - mas o Sean Penn faz, de facto, O papel - per-fei-to).
O Slumdog é mais uma chachada pseudo-alternativa (pseudo mesmo) e estava muito esperançado que, depois d'Este País Não é para Velhos, ganhasse um filme à Hollywood (um filme a sério).
Ainda não foi desta.
De resto, mega contente pelo Melhor Argumento Original. Granda discurso. :)
(e o WALL-E é uma seca, mas eu tb nunca gostei do ET... :p)