sexta-feira, setembro 04, 2009

No Algarve

A minha mãe está, desde a passada Segunda-Feira, numa clínica de reabilitação em S. Brás de Alportel.
Parece-me uma clinica muito boa onde vai fazer fisioterapia intensiva.
Já está numa fase avançada de recuperação da fala. Falta só a mobilidade dos membros.
Entretanto, para atrapalhar, teve uma trombose na perna esquerda. Sim, a perna boa. Há semanas que eu alertava os enfermeiros do Hospital Garcia de Orta para o facto de ter a perna muito inchada mas respondiam-me que era de estar deitada muito tempo.
Na CRM de S. Brás Alportel diagnosticaram a trombose em poucas horas depois de ter sido internada.
É um desânimos ver profissionais da saúde tratarem as pessoas abaixo do estatuto de 'seres humanos'. Vocação, onde andas tu? (um dia destes ainda volto a este tema)

Mais sobre o CMR Sul

2 comentários:

Homem do Leme disse...

Quando é que se pode falar ou pensar em vocação, se a selecção universitária não passa por aí? Passa sim por médias estupidamente elevadas que não têm em conta critérios tão importantes como o humanismo, a vocação, o respeito pelo ser humano... Até porque, como se sabe, os sobre-dotados não raras vezes têm grandes lacunas seociais e de relacionamento. Sempre defendo que grandes crànios não significa grandes profissionais. Teoria e prática nem sempre andam de mão dada.

Paula disse...

Tens de ter força.
Um abraço