sexta-feira, dezembro 18, 2009

O cartão de Natal



Primeiro que tudo há que explicar que é tradição nos EUA e Canadá, os casais ou as famílias tirarem fotografias e escolherem uma para fazerem um postal de Natal personalizado para enviarem a quem mais gostam na quadra natalícia!

Scott Brison, um membro do parlamento canadiano do partido liberal, fez isso mesmo. Tirou uma foto com a sua família e enviou-a como postal de Natal.

Tudo corria bem até que um jornalista do jornal GLOBE publicou a foto. Aí, protegidos pela ausência de identificação, começaram os comentários negativos e homofóbicos. O jornal mostrou-se admirado pela reacção ao postal num Canada supostamente moderno de 2009 e cancelou os comentários no Blog.


Por cá, deu-se mais um passo a favor do casamento Gay. Esta aprovação também não reflecte o avanço do nosso país no liberalismo. Se houvesse um referendo, iríamos assistir a debates bastante feios. Enfim...

1 comentário:

pinguim disse...

Debates bastante feios e desnecessários pois não se referendam direitos...
Por essa via começamos a referendar tudo...