terça-feira, setembro 29, 2009

District 9


Gostei deste filme de ficção científica. A história está bem construída e bem contada.
Os aliens são horríveis, parecem camarões bípedes (prawn), que o tradutor traduziu para 'gafanhotos'... sabe-se lá porquê! No entanto pode ser até considerado emotivo.
Está 'cru' demais para o meu gosto - infelizmente credível.

Taking Woodstock


Um filme muito divertido que mostra as várias situações - ridículas - que levaram à realização do festival de Woodstock.
A personagem de Imelda Staunton está fantástica, muito cómica.
Nunca mais comerei um brownie sem me lembrar deste filme.
Uma boa história, boas personagens e boas interpretações.

quinta-feira, setembro 24, 2009

Rapazes nus a cantar

Fui ver os rapazes nus no Casino Estoril. Está engraçado.
O público era constituído 70% por mulheres que não paravam de rir, de comentar, de falar alto.
Aquilo é uma peça GAY. Para além de rapazes nus, tem uma história, tem intimidade, tem comédia e tem também temas sérios. Andam tão esfomeadas por ver pilas que não interessa o resto??
E confirma-se... um homem vestido é muito mais sexy!

quarta-feira, setembro 23, 2009

Moderno demais

Um filme inglês - CREATION - sobre a vida de Charles Darwin está a ter dificuldade em encontrar um distribuidor nos Estados Unidos porque a 'Teoria da Evolução' é controversa demais para o público americano.

Nota-se, de facto, um problema de evolução nos E.U.A.



Site oficial do filme: http://creationthemovie.com/flash/#/

sexta-feira, setembro 18, 2009

Já fazia falta...


Para alegrar a campanha eleitoral, a sociedade portuguesa e claro, as nossas vidas.

Ela voltou, na TSF. Os comentários da Dona Rosete já faziam falta.

Brisingr


Este livro é como um longo caminho que temos que percorrer para chegar a um destino.
Não é um caminho difícil. Só que é longo... e necessário.
Não fica atrás em nada aos dois volumes anteriores 'ERAGON' e 'ELDEST'. Uma boa história, com muita imaginação. Este livro é a preparação para o final da história.
São desvendados alguns segredos, algumas personagens são aprofundadas e muitos detalhes revelados.

E agora que se descobriram os segredos e pontos-fracos do vilão, está tudo apostos para a derradeira batalha com Galbatorix.

Como ponto negativo só me aborreceu a semelhança entre a narrativa e um jogo de computador (tipo role-play) em que temos que ir completando vários níveis, repondo a energia do personagem, lutando com este e aquele inimigo, procurando um ou outro artefacto... Enfim, talvez a minha idade já esteja ultrapassada para ler estes livros...

terça-feira, setembro 15, 2009

As suspeitas do Sr. Whicher


Para quem gosta de policiais, este é o livro ideal.
Este é um livro que relata factos sobre um caso policial que fez correr rios de tinta em Inglaterra no ano 1860 e que ainda é comentado nos nossos dias.
O caso foi tão peculiar que todos tinham uma opinião formada sobre o culpado.
O Sr. Whicher foi um dos primeiros detectives como hoje os conhecemos e foi o detective que acompanhou o caso.

Nota-se que este livro é o resultado de uma pesquisa extensa e apaixonada. Ao lê-lo, não fiquei só a conhecer o caso, como também muito sobre a sociedade inglesa da época.

É muito, muito interessante e educativo sem descurar todo o aspecto policial do misterioso caso sobre o qual o livro se dedica.

Gostei de ver!!

5 estrelas para a entrevista do 'Gato Fedorento' ao nosso Primeiro Ministro.
Inteligentes e divertidos. Tanto o entrevistador como o entrevistado.

Patrick Swayze

segunda-feira, setembro 14, 2009

7 horas de comboio ...

fotos encontradas no google

Sete horas de comboio foi o que eu andei ontem para estar hora e meia com a minha mãe.
Mas não custou. Não custou porque foi para ver a minha mãe que está no CMR Sul em S. Brás de Alportel e porque gosto de andar de comboio.

Pelo caminho li, dormi e regalei-me com a bonita paisagem alentejana. O meu Alentejo está seco. Amarelo. No entanto não está menos bonito por isso, especialmente no regresso, com um fabuloso pôr-do-sol como cenário.

O Algarve nunca me seduziu. Desculpem-me os algarvios, mas parece-me sempre uma casa desarrumada. Tem coisas bonitas, é claro, especialmente no litoral mas o interior não está ordenado. Sempre me deu a impressão de que as casas foram espalhadas por aqueles campos sem nexo e parece que não têm gosto em ter as coisas bonitas. Enfim... É só a minha opinião. Falta-lhe ordem.

Entretanto a minha mãe vai recuperando. Está fartíssima de estar internada mas está mais calma, lúcida e com forças para fazer o seu trabalho (fisioterapia intensiva, terapia da fala e ocupacional, etc) para melhorar e poder voltar a casa.


terça-feira, setembro 08, 2009

Deolinda ... fon fon fon!!


Estou encantado com as canções deste grupo.
Letras muito divertidas, músicas muito melodiosas!

Têm também um site muito catita em http://www.deolinda.com.pt/.

domingo, setembro 06, 2009

Deolinda

Descobri - já tarde - os Deolinda e o album 'Canção ao Lado'.
Foi a banda sonora da viagem que fizemos este fim-de-semana até S. Brás de Alportel para visitar a minha mãe na clinica.

E foi assim o dia em que fiz 40 anos.

CLANDESTINO


FADO TONINHO


TEASER DO ALBUM

sexta-feira, setembro 04, 2009

No Algarve

A minha mãe está, desde a passada Segunda-Feira, numa clínica de reabilitação em S. Brás de Alportel.
Parece-me uma clinica muito boa onde vai fazer fisioterapia intensiva.
Já está numa fase avançada de recuperação da fala. Falta só a mobilidade dos membros.
Entretanto, para atrapalhar, teve uma trombose na perna esquerda. Sim, a perna boa. Há semanas que eu alertava os enfermeiros do Hospital Garcia de Orta para o facto de ter a perna muito inchada mas respondiam-me que era de estar deitada muito tempo.
Na CRM de S. Brás Alportel diagnosticaram a trombose em poucas horas depois de ter sido internada.
É um desânimos ver profissionais da saúde tratarem as pessoas abaixo do estatuto de 'seres humanos'. Vocação, onde andas tu? (um dia destes ainda volto a este tema)

Mais sobre o CMR Sul

quinta-feira, setembro 03, 2009

A respeito de deuses....

Em resposta ao meu post de há alguns dias atrás "As minhas desavenças com os deuses..." ficaram algumas opiniões que merecem resposta.
Sobre se sou Ateu ou Agnóstico, continuo a achar que sou Ateu. Não acredito que existam deuses e acredito que as religiões são formas criadas pelos homens para explicarem (?) o que não conseguem explicar. Dava pano pra mangas, esta conversa, o bem e o mal, a vida e a morte e a vida para além da morte, enfim... há muito para os religiosos se 'entreterem'.
Quando digo que RESPEITO quem tem essas convicções, quero dizer que não me incomoda a convicção das pessoas desde que não resulte em paranoias nem ponha em risco o bem estar dos outros. Cada um é livre de ter as suas convicções, tal como eu sou livre de não acreditar. O respeito deverá ser mutuo. É isso a que me refiro quando falo em RESPEITO.
Acredito que muitos Ateus desesperem quando a religião se mete com a ciência (biologia, medicina, e tantas outras). Eu acho que tudo é o resultado da cabeça das pessoas. Quando a igreja católica diz, por exemplo, para não usarem preservativo, lá se vai o meu respeito porque se está a colocar em risco muita coisa. Mas isso já não é religião - é fanatismo! E como este há muitos outros exemplos. Uma coisa é cada um ter as suas convicções e outra são fanatismos e as lavagens cerebrais que as religiões fazem aos seus 'crentes'. Acho que me consegui explicar.
Mas isto são questões que são discutidas desde o início e que nunca terão solução.
É a história do ser humano.