quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Percy Jackson and the Lightning Thief


E se o Harry Potter fosse um semi-deus grego?
Foi talvez o que se perguntaram os autores do universo « Percy Jackson and the Olympians ».
Como filme, está divertido, é um filme de aventuras e talvez uma maneira do público mais jovem se aperceber que 'existiram' deuses gregos na mitologia. Aqui vamos conhecer alguns com as suas qualidades e defeitos, muito humanizados.
Percy Jackson é um semi-deus. Filho de um deus grego e uma humana e para além de serem crianças traumatizadas pela ausência dos pais (os deuses), Percy ainda se vê em trabalhos porque é acusado de ter roubado o Raio de Zeus... e aí as aventuras começam, até porque o rapaz não sabe que é filho de um deus grego, nem sabe o que isso é.
Onde é que eu já vi isto?
Porque é que este filme ou esta história não tem o sucesso de um Harry Potter?
Por isso mesmo. Toda a história lembra o Harry Potter num outro universo. Falta-lhe a originalidade, falta-lhe o ambiente gótico-medieval, falta-lhe a magia, e não estou a falar da que fazem os mágicos...
Atrevo-me a dizer que o Harry Potter está para Inglaterra como o Percy Jackson está para os Estados Unidos.
Não me encantou.

Sem comentários: