segunda-feira, outubro 17, 2011

O Tempo Entre Costuras



Este primeiro livro da espanhola Maria Dueñas é muito interessante e de muito boa leitura. Com uma história que à primeira vista não me interessaria muito, passada durante a guerra civil de Espanha e no início da segunda guerra mundial, o que me cativou foram as personagens muito bem caracterizadas e com uma história muito rica e bem conseguida passada entre Espanha, Marrocos e com um saltinho a Portugal.Não é de todo uma leitura aborrecida, pelo contrário. A autora conseguiu manter-me sempre interessado, sem momentos parados, com alguma acção, espionagem e conflitos pessoais... tudo isto, entre costuras.

4 comentários:

nclivros disse...

Fiquei imediatamente de olho neste romance assim que os meus olhos leram a sua sinopse pela primeira vez.

Sou fã assumido deste género de narrativa e em especial sou fã de histórias de espionagem num dos periodos mais negros na história da Europa, a segunda grande guerra.

Lembrei-me rapidamente de um outro romance que li à uns anos, muito dentro do mesmo género, “Companhia de Estranhos” (Robert Wilson – Gradiva-2001/D.Quixote-2009) se bem que muito diferentes o romance de Wilson, fica muito á frente destas costuras alinhavadas por Dueñas no seu romance de estreia.

Não quero dizer com isto que não tenha gostado deste livro muito pelo contrário, mas achei que a força narrativa com que começou foi-se perdendo… recuperando quase no fim do livro e voltou a perde-la, dando um final (nem sim nem não) agridoce a este romance, que pessoalmente não faz jus ás críticas da imprensa. (opiniões)

Nuno Chaves

Draco disse...

Já tinha lido a tua critica no GOODREADS.
Não li o 'Companhia de Estranhos'. Vou investigar.

redonda disse...

Tenho o livro, foi-me oferecido há algum tempo, mas ainda não o li. Vou subi-lo alguns lugares na lista dos próximos livros a ler...

Paula disse...

Li comentários muito positivos sobre esse livro.
Quem sabe consigo adquirir num alfarrabista ou numa troca :)