domingo, maio 29, 2011

I was made for YOU



Pelos nossos 17 anos. Our story.

All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you
I climbed across the mountain tops
Swam all across the ocean blue
I crossed all the lines and I broke all the rules
But baby I broke them all for you
Because even when I was flat broke
You made me feel like a million bucks
You do
I was made for you
You see the smile that's on my mouth
It's hiding the words that don't come out
And all of my friends who think that I'm blessed
They don't know my head is a mess
No, they don't know who I really am
And they don't know what
I've been through like you do
And I was made for you...
All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you

segunda-feira, maio 23, 2011

Monsters



Um filme de ficção científica nada hollywoodesco e sem os aparatos de efeitos especiais a que estamos já habituados a ver em filmes do género. No entanto, gostei. Simples mas com cabeça, tronco e membros. Os actores e o realizador, Gareth Edwards, que também escreveu o argumento, eram desconhecidos para mim e surpreenderam. Nomes a ter em atenção em próximas obras.

Gostei bastante da 'fase larvar' dos monstros mas os montros adultos eram demasiadamente parecidos com uns animais que temos cá na terra. não digo para fazer suspense. Mas enfim, com um budget maior teremos com certeza monstros mais perfeitos.

terça-feira, maio 17, 2011

Entre o Riso e a Paixão

"A partir de hoje se alguém me quiser encontrar, procure-me entre o riso e a paixão."

Natália Correia

segunda-feira, maio 16, 2011

ÁGUA, PEDRA, CORAÇÃO




Will North sabe contar uma história. Tem imaginação no que escreve, os diálogos são muito bem escritos e alguns muito cómicos. As personagens são deliciosamente bem descritas e muito interessantes de conhecer. Sabe muito bem retratar uma pequena comunidade inglesa da Cornualha. A história é muito interessante e a partir de um certo ponto, que não revelo para não estragar a leitura, é difícil pousar o livro pois a preocupação com o saber do destino das personagens torna-se uma necessidade.
É daqueles livros que, quando lemos a última página, temos saudades do tempo que partilhamos com as personagens.
Muito boa leitura. Muito boa história.

domingo, maio 15, 2011

Water for Elephants



Um filme lindo. Um daqueles que se tivesse sido feito no tempo dos filmes a preto e branco seria agora um clássico como tantos outros. Um filme cheio de glamour dos anos 30. O trio de actores principais estão fantásticos, a Reese Witherspoon está uma diva de Hollywood, o Robert Pattinson liberta-se dos filmes para adolescentes transformando-se num galã como antigamente. E o mau da fita, Christoph Waltz também muito forte. Personagens muito bem compostas, tanto os principais como os actores secundários dando a sensação de 'família' que o filme tanto fala, num espectáculo como o Circo.

Quanto à história, muito boa e bem contada com o flashback que não é novidade mas que resulta sempre podermos ver o herói da história mais velho a recordar o que aconteceu.

Sobre o tema. Para além da história de amor, este filme só vem mais uma vez provar o meu desagrado pelo uso, ainda nos dias de hoje, de animais de circo ou em quaisquer espectáculos. Animais amestrados não são para mim. Nunca me provoca admiração mas sempre sofrimento.

Um filme muito bom. Não deixem de ir ver.

Pergunto-me para quando uma adaptação de O SALTO MORTAL para o grande écran??

segunda-feira, maio 09, 2011

THOR, o filme



Quando vi que o realizador deste filme era o inglês Kenneth Branagh, que tem no seu curriculum filmes mais sérios, entre eles várias obras de Shakespeare, lembro-me de ter pensado, ' mas o que é que lhe aconteceu para estar agora a realizar um filme da Marvel?'. No entanto, após ver ao filme, não posso deixar de lhe encontrar semelhanças com as ditas obras de Shakespeare. Este filme poderia ser considerado um drama à la Shakespeare com uma grande tragédia familiar com tudo a que tem direito. Mas o universo é outro e os heróis míticos são outros, os monstros são outros. O resto é tão bom quanto os mencionados anteriormente.

Gostei bastante. Não conhecia nada deste personagem da Marvel. Nunca tinha lido nenhuma BD do Thor e achei que a história está muito interessante, as personagens convincentes, mesmo quando tentam ir para a comédia. Bons actores, bons efeitos especiais. O realizador está de parabéns. Um bom filme de ficção científica.

terça-feira, maio 03, 2011

O Código Base

Nos últimos tempos tenho assistido a alguns filmes muito interessantes a nível de argumento. A história está muito bem escrita e com imaginação. Bons actores e boa realização. Não é um filme daqueles que nos marca mas o realizador soube contar uma boa história e consegue captar a nossa atenção do princípio ao fim. Vão ver.