quinta-feira, outubro 04, 2012

Os Bosques de Whitethorn


Acho que não há autora como a Maeve Binchy para escrever sobre pessoas, sobre as suas relações e todas as consequências que definem uma sociedade. A escritora escreve sobre as pessoas da Irlanda, o seu país de origem, mas são histórias que se repetem em qualquer país ou em qualquer lugar do mundo. As emoções humanas são iguais em qualquer lugar. E a escritora humaniza tão bem os seus personagens que parece tão fácil reconhecê-los. Este livro é como uma manta de retalhos que se forma a pouco e pouco. Cada personagem vem acrescentar algo à obra final. 

Posso descrever, sem contar muito, que numa pequena vila irlandesa existe um poço milagroso nos bosques de Whitethorn. Será importante manter esse símbolo pagão ou será mais importante para a cidade o seu progresso e a construção de uma estrada que beneficiará a todos? Uma teia de personagens e as suas histórias irão ditar o veredicto final. Uma história acolhedora que me fez bem ler.

Sem comentários: