sábado, agosto 10, 2013

A Gaiola Dourada



Um filme divertido com um bom grupo de actores (portugueses, luso-franceses e franceses) de onde se destaca a Rita Blanco, que gostei muito, uma Maria Vieira, muito igual a ela própria e um Joaquim de Almeida que achei um tanto apagado/deslocado como o pedreiro José. Entretanto o que vence é a história e a realização de Ruben Alves, a música de Rodrigo Leão e a fotografia.
É um filme bonito, 'lavadinho', bem feito, Com um enredo que balança numa corda bamba deixando o espectador curioso. Tem diálogos muito bem escritos e situações bastante caricatas e divertidas. Não é um filme para rir a bandeiras despregadas, é um filme de sorrisos e também de emoções, que chama um bocadinho ao patriotismo. Tem momentos que fazem lembrar os saudosos filmes portugueses dos anos 50 que todos já vimos centenas de vezes, sabemos alguns diálogos de cor e fazem parte de nós.
Espero sinceramente que este também fique na memória de muita gente, pelas melhores razões.
Um bom divertimento. Um filme de onde saímos bem dispostos.


1 comentário:

João Roque disse...

Está na minha lista...