terça-feira, julho 23, 2013

Our life in Gardens



A leitura deste livro deu-me um grande prazer e, quando terminei, foi como se tivesse novos amigos e conhecesse o jardim de North Hill, situado no frio estado de Vermont, nos Estados Unidos. Os autores são definitivamente apaixonados por plantas e jardinagem e assim, não é difícil cativar quem tenha a mesma paixão. E escrevem muito bem, numa linguagem acessível, informativa e por vezes cheia de humor.
Será, com certeza, um jardim a visitar se voltar aos Estados Unidos. Para já, quero 'regressar' ao jardim lendo mais algumas obras destes autores. (Infelizmente Wayne Winterrowd faleceu em 2010).

quinta-feira, julho 18, 2013

Hyde Park on Hudson

Podia ter sido um filme bonito. Mas não foi. A história tinha potencial, mas foi mal contada. Com mau gosto. Parece a história da Monica Lewinsky mas com outro presidente, numa outra época. Gostei da fotografia e dos cenários mas não do filme em si.
Gostava de saber se houve uma intenção em fazer este filme. Será que foi conseguida?
Para mim, não gostei da história.


segunda-feira, julho 08, 2013

Despicable Me 2


Não fui ver o GRU MALDISPOSTO 1 mas fui ver este só para me enfiar numa sala de cinema com uma boa temperatura e onde pudesse assistir a um filme ligeiro e que não me desse muito que pensar. Fomos ver a versão dobrada em português e em 2D, sem grandes expectativas!

E não é que me fartei de rir??

Mas não com o GRU nem com a história em si do filme, que não deixa de ser engraçada, mas sim com o batalhão de 'mínimos' que o sr. Gru tem em casa como ... empregados? Bem, não sei. Sei que foi um golpe de génio a criação destes pequenos seres amarelos de jardineiras de ganga, sem nariz, praticamente sem cabelo e com óculos redondos para os seus um ou dois olhos, conforme o indivíduo. Estão muito bem feitos, muito expressivos e muito engraçados! Tem um sentido de humor muito inocente, são mestres no disfarce e têm um vocabulário, digamos que... incompreensível!

Roubam totalmente o filme.

De resto as restantes personagens estão bem. O filme está muito bem feito, bem desenhado, com efeitos lindíssimos. A dobragem também está muito boa. Parabéns ao Nicolau Breyner e à Rita Blanco. Mas do que eu gostei mesmo, foi dos mínimos (minions en inglês).

Vão ver!!







sábado, julho 06, 2013

RIO DAS FLORES



Não sabia que ainda se escreviam livros assim. Adorei. Quero dar mais estrelas... posso? Pergunto-me porque é que não li este livro há mais tempo? Há com certeza alturas para ler certos livros e este foi o momento certo para lhe pegar, após vários anos a aguardar na minha estante! Sendo o autor uma pessoa mediática e cujas opiniões são conhecidas, adorei saber que da pessoa de Miguel Sousa Tavares existe uma sensibilidade que nos seus comentários não nos é revelada. As personagens são muito boas, muito reais e bem desenvolvidas. A situação política desde a queda da monarquia até ao final da segunda guerra mundial são bem descritas e sem se tornar cansativa. Uma verdadeira lição de história, dando-nos o escritor opiniões divergentes na ficção, sobre o que aconteceu na realidade. Mas o que mais gostei foi da história, dos ambientes, alguns que reconheço, e as teias que se formam entre as personagens, que têm algo que havia naquela época e que se perde com o avançar dos tempos. É um romance nostálgico e delicioso de ler. Terminei ontem e tenho já saudades daquelas 'pessoas'. O que é que esperam para levar esta história para o écran? Este é o primeiro livro que li do autor mas vou, com certeza, ler mais.