sábado, março 14, 2015

Still Alice, o filme

O que fazer quando há um filme sobre um dos meus maiores medos? Enfrentar e ir corajosamente assistir. Assim fiz e posso dizer que é uma história poderosa e triste. Bem contada, com um bom elenco (apesar de não gostar da Kristen Stewart e a sua cara incapaz de mostrar uma emoção). A interpretação que mereceu o Oscar a Julianne Moore não me emocionou por aí além mas sim o argumento baseado no livro de Lisa Genova que não li. Dá que pensar e no final saí da sala com um nó na garganta. A incapacidade de lutar perante a doença é terrível.