terça-feira, junho 28, 2016

A Verdade Sobre o Caso de Harry Quebert




Este romance policial fez-me lembrar e recordar a série de televisão dos anos 90 "Twin Peaks" mas ao contrário de David Linch, o criador da série que teve grandes problemas em resolver os enigmas que criou na série, Joël Dicker fá-lo de maneira brilhante. Gostei bastante da história e lê-se muito bem pois quase não tem pontos mortos nas suas seiscentas e muitas páginas. A história é muito interessante, movimentada e que cria uma certa adrenalina no leitor. As suas personagens estão bem construídas e a pouco e pouco vamos descobrindo mais e mais sobre elas. Parece por vezes que estamos a ler o roteiro de um filme. É uma escrita muito visual, com elementos interessantes e que têm todos o seu propósito. Aliás, tudo neste livro tem a sua razão de ser mas muitas vezes o que lemos não é bem o que pensamos estar a ler. São assim os casos policiais difíceis como este caso de Harry Quebert e Nola Kellergan. E neste caso, ao contrário da série "Twin Peaks", nada ficará por revelar...

Sem comentários: